Amores eternos.


Tenho dado por mim a amar-te - ainda. O que me surpreende, visto que o passado que vivemos já nos escorreu pelas mãos há muito. Mas tenho-te amado, sim. Nem sempre à mesma hora, mas um pouquinho todos os dias. Tenho assistido, enroscada na almofada, às memórias que guardo. Ainda sinto nelas o teu cheiro, ainda sinto nos ombros o peso da tua sweat que eu tanto gostava de usar. Ainda ouço, se bem que agora apenas em leve sussurro, a tua voz cantante que eu sempre tanto admirei. Tenho dado por mim a amar-te porque, estou quase certa, amar-te-ei sempre. Amar-te-ei não só pela forma como tudo começou, como tudo se deu mas, essencialmente, pela grandiosidade que possuis em ti. Tenho dado por mim a amar-te mesmo tendo-me apaixonado de novo. Tenho-te amado e tenho tido saudades tuas. Muitas até. Mais do que as saudáveis e desejáveis. Lembro-me de ter demorado quase uma eternidade a dizer-te que te amava. Se fosse hoje não o teria feito como fiz, nem teria demorado tanto. Mas hoje é hoje, e não o passado. Mas hoje, se mo permitisses, dir-te-ia que te amo, como sempre amei, e como sempre hei-de amar. Talvez até mais, mas quem sabe, seja efeito da saudade.
Devo-te muito, entre o qual mais um pedido de desculpas pelo modo como permiti que tudo acabasse. Não era minha intenção, nunca o foi. Porque eu amava-te. E nunca ninguém disse que quem ama não erra, pois não?

Porque quando te disse que te amaria para sempre, fui sincera. 

12 Crimes sentidos:

♥ marta. disse...

eu adoro todos os teus "crimes" são perfeitos! escreves que é uma delícia, tipo chocolate com morango:)))

Sophia disse...

Sabes que escreves de forma perfeita, por isso acho que não é preciso dizer mais nada.

Cinnamon disse...

A forma como as palavras te saem é perfeita =)

Ana Karla disse...

Forma maravilhosa de escrever. As palavras saem de forma natural e descrevem de forma perfeita o q te passas.

f. disse...

muito obrigado!* btw, adoro o blog (:

bam disse...

Muito obrigada! Escreves maravilhas :)

bam disse...

Nem sei o que dizer, és um doce! Assim que possa vou ver todos os cantinhos deste teu blog lindo!

humana inconsciente disse...

obrigada meu docinho :)

Cinnamon disse...

Obrigada :D eu também passarei aqui mais vezes, já que te leio e leio e não consigo parar :)

Realmente, laxante não quero, mas pá, ele é homem e tem mais de vinte anos que eu e isso perturba.me :P

Cinnamon disse...

Somos duas :)

humana inconsciente disse...

obrigada meu amor :))

Vanessa Kiekeben disse...

este texto está simplesmente perfeito! Escreves tão bem *_*

Enviar um comentário

Liberta a tua mente e deixa que o pensamento te leve palavras aos dedos, partilhando assim comigo ideias, questões e críticas, não deixando nada omitido.
Obrigada pela tua leitura atenta: