Olhar ternurento engata milhões. Oh Yeah! como sou Machão.

Que masoquismo o meu, este de querer que permaneças. Eu sei bem porquê. Falavas, repetias, usavas tudo a teu favor e contagiavas-me com a nostalgia que querias pensasse que vivias. Mas não. Na realidade para ti era tudo tão belo. Não longe estavas de conseguir mais uma presa. Assim que viste uma oportunidade num momento, arrebataste-me, querendo parecer um leão feroz, mas na realidade não passavas de um cão esfomeado. Bem que ladravas para mim, e sendo honesta, não te culpo. O crime foi meu, por ter revelado que adorava um bom focinho de cachorro abandonado. Tu apenas o arremedaste.

64 Crimes sentidos:

- Silvia ♔ disse...

AMEI (:

Cris disse...

Adorei esta tua maneira de descrever as coisas. :'D

E o cãozinho é mesmo fofinho. Oooooh! *.*

lá love disse...

que lindo cão :)

Adriana Cunha disse...

Senti cada letra deste texto, acreditas?

souokiko disse...

Para isso era preciso que fosse fácil virar costas ao que nos rodeia :)

Afonso Letras disse...

vai ao meu blog, tenho um selo para ti :)

Mel disse...

Oh que cãozinho tão fofo!

Joana Carvalho disse...

vais ultrapassar qerida *

Afonso Letras disse...

De nada. mereces.

Joana Carvalho disse...

vai passar também ;)

Afonso Letras disse...

Que exagerooo :p

Mereces mesmo :)

Moreira disse...

Metafora perfeita para descrever muitas vezes a realidade...pura e dura...palavras que escondem mentiras... ;) gostei

Afonso Letras disse...

De nada :)*

Gu Paiva disse...

Ah que coisa fofaaaaaa! E cheia de lirismo! Lindo o teu espaço! *-*
Seguindo!

Moreira disse...

Nd :) continua ;)

a extensão do pensamento. disse...

Obrigada, digo o mesmo :)

lá love disse...

obrigada minha querida *

PR" disse...

As tuas palavras **
Que foto tão cutchi, cutchi! (:

Carla disse...

Bem digamos que o cão da foto é lindo *.*
o texto esta tão bem escrito, a sério !

Carla disse...

és tão querida :)
e é bom saber que há pessoas que me entendem !

Adriana Cunha disse...

É que está mesmo perfeito, representa uma realidade que já vivi imensas vezes!

Ritinha disse...

obrigada fofinha :)

Ritinha disse...

é perfeito :)

Adriana Cunha disse...

Pode parecer quando se vive mas depois, de tantas vezes que se cai, aprende-se e enriquecemos. Acabamos por agradecer a quem nos deixou mal pela transformação que provocaram em nós, pela força que adquirimos :)

Gabriela disse...

Oh, fico feliz por teres gostado :)
Este texto está excelente :| *-*

PR" disse...

Jovens com o Papa.
Em Maio de 2010, quando ele esteve em Lisboa. (:

Ritinha disse...

exactamente :)

Adriana Cunha disse...

Talvez tenhas interiorizado essa ideia e cries condições para a manteres. Mas pensa, não seria mais fácil se começasses a ser selectiva em relação às pessoas com quem partilhas segmentos da tua vida em vez de caires nas manhas de pessoas que acabam por te deixar de rastos?

Gabriela disse...

Não tens que agradecer :)

Adriana Cunha disse...

Obrigada, mais uma vez : )
Eu entendo-te, acredita que entendo e até bem demais. Podes ser bombardeada a toda a hora e de forma aborrecida por frases como "tudo depende de ti" ou "luta pela tua felicidade" mas elas constituem a verdade de facto. Só nós próprios é que podemos fazer as escolhas, percorrer os atalhos entre os caminhos da vida... Só nós é que sentimos a dor, a angústia das nossas derrotas. Podes ter pessoas junto de ti que te apoiem mas enquanto não te explorares, de nada irão valer as ajudas porque o problema está e estará sempre em ti. Luta Marilena, não te rendas ao que te faz mal!

- annafilipa disse...

A nossa história é a mais linda que conheço ;$

- annafilipa disse...

Sim. Acho que cada casal tem a sua história. Nós temos a nossa :p

Adriana Cunha disse...

Diz-me que não vais desistir nem conformar-te, que vais "trabalhar-te", que vais mudar os teus monstrinhos :)

Carlos disse...

Eu percebo a parte do pensar e machucar involuntariamente porque eu também o faço. Quando mais problemas ou dúvidas tenho mais acabo por pensar nisso e também choro, e fico mal. Comigo, quando estou assim para conseguir ficar tranquilo e em paz e esquecer tudo costuma resultar sair da cama, enxugar as lágrimas e sair de casa para o mais longe possível das pessoas, corro até ficar cansado e ficar o mais isolado que conseguir, depois de alguma forma tudo sai da minha cabeça quando eu olho à volta e vejo tudo o que me rodeia. Costuma resultar comigo. Depois quando volto parece que os problemas são menores, não sei explicar. Sei que me ajuda muito.
Sou fã sim, adoro os teus textos, e aquele gostei em especial sei lá porque estava ali tudo o que toda a gente precisa na pessoa amada mas que é tão difícil de encontrar numa só pessoa.
:)

Adriana Cunha disse...

Linda menina, fico contente :)

Rute disse...

Mais uma vez, que lindo !

Gabriela Marques disse...

Gostei muito do texto.
Obrigada pela visita. Beijos!

Rute disse...

Muito Obrigada (:

Jay disse...

basicamente, é porque não vou voltar para portugal e sinto-me imensamente triste. é bastante simples; fartei-me das pessoas me estarem sempre a dizer que não é facil, e cenas assim; tipo se fosse facil, eu não pensaria nisto todos os santos dias, não estaria numa pilha de nervos e cheia de medo. agora vou fazer a vontade a todos, menos a mim. yuppi. by the way estas linda na tua foto de perfil no blog :)

Nés, disse...

é sim x)

FLÁVIOMATA disse...

Galo Frito é do melhor 8D
Que cachorro fofinho *-*

filipa disse...

fantástico meu bem <3

Pandora disse...

Como eu te percebo, fogo xD

Cátia Mourisca disse...

É LINDO O CACHORRO *.*
Gostei do texto (como sempre).

Ariana Fonseca. disse...

E depois de todo o amor que lhe deste, vem a raiva por ter sido tudo em vão. Força *

Inês Sérvio disse...

talvez ninguém seja culpado, talvez por vezes temos que seguir certos caminhos e não há nada a mudar, por isso nunca te arrependas de nada, porque a vida é maravilhosa. de certo modo. :)

Paula disse...

Amei esta tua maneira de interpretares a realdade. Demais!


(.

Isabel disse...

Está lindo, lindo +.+

ana cristina disse...

força marilena, nao desistas*

L' disse...

Obrigada (:
Gostei muito deste post, sigo *

Rebelde disse...

Repleto de metáforas, que descrevem na perfeição, os sentimentos que te são, tão teu. ; ) Gostei!

Ritinha disse...

são tão fofinhos um com o outro *.*

Ritinha disse...

é um filme perfeito.
e a tua banda sonora também é perfeita, e estou sempre a ouvi-la, ando um bocado (grande) viciada :p

lá love disse...

muito obrigada :)
vou anotar e no final logo vejo o que dá **

Sara Santos disse...

ai que cãozinho amoroso *.*

Ritinha disse...

muse, muse *.*

Caia disse...

Gostei da forma de escrever ;)

Cátiia Bandeira disse...

Esta perfeito :)

Rute disse...

Muito obrigada (:

ana cristina disse...

obrigado marilena :)

Katia disse...

o cão é lindo e com a enface do texto td ficou perfeito =)
lindo =)
bjs*

Alexandre. disse...

Que coisa tão fofinha *.*
Gostei x)*

Ana Marta disse...

É a ausência, o fim de algo que nem início teve, as saudades e um oceano pelo meio :S

Osvaldo disse...

Marilena;

É... o importante é que as tardes continuem para haver tardes assim, porque "recordar é viver" segundo Joe Dassin.

bjs,
Osvaldo

Enviar um comentário

Liberta a tua mente e deixa que o pensamento te leve palavras aos dedos, partilhando assim comigo ideias, questões e críticas, não deixando nada omitido.
Obrigada pela tua leitura atenta: