Ainda me lembro do que é sentir borboletas no estômago, do que é sentir arrepios pela coluna acima e pela coluna abaixo. Ainda me lembro de como é sentir-se voar no meio de um abraço, ainda me lembro de como explode o coração com um beijo bem dado. Ainda me lembro de como anda a cabeça, tão aérea e egoísta.  Lembro-me ainda de como um dia de chuva pode parecer tão feliz e multicolor. Lembro-me ainda do que é amar. E hoje, impressionante e inexplicavelmente, ando assim. Apaixonada sem motivos, sem saber pelo quê ou  por quem, amo pura e simplesmente. Talvez esteja apenas apaixonada pelo sol que me tem iluminado os dias, talvez esteja apaixonada pelo cheiro do detergente que tem dado cor à minha roupa escura. Talvez me tenha apaixonado pela escuridão da noite que me entra pela janela. Talvez ame apenas saber que estou bem, que estou prestes a ver quem há tanto não vejo, talvez esteja feliz e pronto. Talvez, ame apenas. Talvez, pela primeira vez desde que existo, me ame a mim e ame a vida. Talvez tenha descoberto o que é viver e isso me tenha fascinado. Talvez seja isso, sim. Afinal de contas, não é preciso amar algo ou alguém, o sentimento está sempre connosco, não é assim ?! E eu amo, de boca cheia, e com coração igualmente cheio *

46 Crimes sentidos:

Wanessa Cabral ϟ disse...

Adoro totalmente o texto :)

Catarina disse...

Este texto está absolutamente magnifico, há muito tempo que já não escrevias palavras assim tão mágicas e encantadoras. Podes não estar apaixonada por ninguém , basta sim estares por ti própria pelo simples facto de gostares da pessoa que vês agora, de como sentes as coisas e de como as aprecias. O sentimento nunca morre, por vezes pode é permanecer escondido mas fico feliz por andares bem pois mereces :D

Beijinho querida *

lara disse...

acredito que o sentimento está sempre connosco tal como tu.
ao contrário de ti já não me lembro de ter borboletas no estômago, arrepios, etc...
com os teus textos hei-de acabar derretida. estás cada vez melhor e esta música de fundo... :$
adoro o que escreves e como escreves

Catarina disse...

De nada querida :)

Diana Soares disse...

está lindo, lindo, fiquei de boca aberta :o

Aerton - PoetaMudo disse...

Gostei do texto
faz-nos certamente olhar para nos mesmos
e avaliarmos aquilo que queremmos ou por aquilo que ja passamos

cátia sofia disse...

simplesmente perfeito, sinto-me tão assim :)

lara disse...

eu costumo meter uma música diferente em cada post... e uso os vídeos do youtube para meter em automático acrescento este código: &autoplay=1 ao último link do embed. se tiveres dúvidas mesmo assim diz-me que eu posso ajudar-te

lara disse...

sim mudaram mas eu costumo usar os antigos códigos ainda. há uma opção para isso mesmo.
adoro esta nova música, é a música que me acorda todos os dias e nem imaginas o efeito que tem em mim :)

lara disse...

não sei se isso será do código se do blogger mesmo. outro player de música que também conheço é o mixpod.com mas acho que esse também recorre ao youtube :s

lara disse...

ajudo sim, já adicionei só que ainda não apareces na minha lista :o

Maria Viana disse...

lindo *.*

Sara Martins disse...

tão maravilhoso este texto. obrigada minha querida, mesmo ♥

PR" disse...

É de "amar" ver-te assim :)

"E eu amo, de boca cheia, e com coração igualmente cheio" (L)

Maria Viana disse...

obrigada querida :)

L' disse...

Também adorei o teu post querida :o
Está lindo, lindo ! *

Cátia Mourisca disse...

AMEIII!

Filipa disse...

' muito obrigada :)
escreves bem*

Jo disse...

foi sincero, difícil para os dois, abraçamo-nos e chorei no ombro dele, muito. Nunca me tinha acontecido!

nés, disse...

e eu acho muito bem que ames.

Ana Marta disse...

Foi isso que eu descobri ontem (:
Ser feliz apenas depende de mim. Numa noite em que tive por perto alguém que adoro e que tem outro alguém eu sorri o mais que pude, cantei, dancei..numa palavra: eu VIVI, sem deixar que nada me afectasse! Eu gosto dele, ele não gosta de mim, mas eu gosto de mim (:

Inês disse...

Oh, adorei :)

Mónica Sampaio disse...

obrigada :)

Afonso disse...

foi feito de cabeça quente s:
mas obrigado, este também está (:

débora miriam disse...

olá (':
é só p dizer que vou ter q pôr permissões no meu blogue -.- por isso, se quiseres ler :$ , diz-me o teu mail por aqui, neste post. ok?
beijinhooos.

ah, este ambiente, é fenomenal! combina T-U-D-O

Marilena' disse...

débora ! Quero sim sff !
O meu e-mail está alí ao lado :)

Lu disse...

ama-te, porque tu mereces que te ames. Ésumaexcelentepessoaparateamares,Mari <3

Cátia Mourisca disse...

OBRIGADA QUERIDA *

Lu disse...

yo lo sé, si :)

Marcos Almeida disse...

Sentimentos não requerem um certo padrão, teoria ou explicação. Seu texto é divino e quanto a mim contemplo o privilégio de beber dessa fonte de inspiração que és. Com o coração devidamente etiquetado e cadastrado imerso nesse mar de esperança que é você

Abraços.

jm* disse...

gostei do texto (; e concordo plenamente *-*

eu já dancei esta música (:

Rita disse...

Obrigada

jm* disse...

danço sim (;

jo disse...

lindo, lindo, lindo, como é típico! *

Andreia Ribeiro disse...

Adorei o texto*.*
Às vezes é necessário parar e começar a pensar naquilo que realmente interessa.
Todas as pessoas deviam amar-se a si mesmas primeiro, em vez de amar outras pessoas, ou outras coisas.
Parabéns pelas palavras:)

Jess disse...

está lindo! Encontraste o que eu sempre procurei. Amar-me apenas a mim. E sentir-me feliz por isso

Carla disse...

ADORO!

Gabriela disse...

e eu AMO-TE

Zuda disse...

Muito bom !

joaninha' disse...

ama-te e sê feliz (:

Paula disse...

e é tão bom amar assim!

Meio Cheio disse...

Lindo =)...
E sim...o sentimento está sempre conosco...temos apenas que aprender a amar a vida e a nós mesmos e assim estaremos apaixonados...sempre!
Bom estar assim =)
beijo

sofiaszafman ♥ disse...

ja faz tanto tempo que nao venho aqui :o
o que importa e que cheguei :)

G. Letras disse...

Hey, fui eu que te adicionei no msn. Espero que não tenha feito mal :X

♥ marta. disse...

Adoro. :')
E desejo-te toda essa felicidade, bem a mereces. *

Cátia Mourisca disse...

#31 LETTER TO YOUR FOLLOWERS: ESTA CARTA DESTINA-SE A TI.

Enviar um comentário

Liberta a tua mente e deixa que o pensamento te leve palavras aos dedos, partilhando assim comigo ideias, questões e críticas, não deixando nada omitido.
Obrigada pela tua leitura atenta: