Morte à ingénua sedução.



Irónico, como tenho de saber por terceiros o que devia ser dito na primeira pessoa. Mais ainda o é, ser dito por quem de quase nos escondíamos, com se de segredo ou delito se tratasse. Afinal, não passou de vergonha, não passou de mero interesse pessoal com o objectivo de não teres que acrescentar mais uma á lista das tuas conquistas, por nunca ter sido assumida, ninguém podendo assim desmentir.
E quando penso nisto, sinto-me tão ridícula por ter caído nessas doces palavras, mais uma vez, ocas.

Chega de cabeçadas na parede. Chega de sentimentos.
Chega o verão e com ele, refrescarei a alma esperando de me tornar gélida.
É nisto que me quiseram fazer tornar.

59 Crimes sentidos:

PauloSilva disse...

Gostei do teu texto (:

Não é justo tornares-te gélida só porque os outros querem.

Beijinho *

Juliana disse...

tens razão.
mas se é só feitas de pequenos momentos,
será que vale a pena?

Liliana disse...

Obrigada pela ideia ! ajudou muito :)
beijinho

Neuza disse...

Gostei imenso do texto.
As pessoas por vezes desiludem-nos, e nem têm noção disso.
Beijinho

patriciaa disse...

oh muito obrigada (:
gosto do texto apesar de ser forte,concordo com a Neuza por vezes as pessoas desiludem nos mas sabes que mais? temos que seguir em frente e não te tornes gélida por causa de pessoas que não merecem,dá valor sim aquelas que realmente merecem,nos restantes, desliga-te deles por complecto,vira as costas e segue a tua vida dando o maior desprezo possivel( mesmo que ás vezes não seja isso que queremos )
beijinho (:

- raquel quitério disse...

é isso mesmo que está a acontecer comigo. parei a reconstrução que estava a começar e suspendi as mudanças na casa do meu coração. e agora? agora não sei qual o lado da balança que pesa mais, e acima de tudo não quero magoar ninguém nem ser egoísta --' é tão dificil :x

diana alba disse...

Pois, sentimo-nos ridículas sempre que nos enganam :$

- raquel quitério disse...

embora tudo, sei qual seria a minha escolha logo no primeiro instante e sei que seria feliz outra vez, mas houveram coisas que magoaram muito, e deixar agora uma construção é como recuar e ceder outra vez na esperança de que não volte a ser deixada, mas não é bem assim, e isos é que acusa dúvidas --'
eu sei que estás meu amor, e eu também estou e estarei :)

Sophia disse...

E dói-nos bem :x

Joana disse...

Oh querida isto é o teu blog? Está irreconhecível. Está tão preto para ti, aquele verdinho dava outra vida.
É lógico que está giro, e dos teus textos nem se fala, mas estava tão habituada a vir aqui e haver sempre cor :$

Joana disse...

Bem, eu estou para aqui a dizer isto mas o meu é preto, só que era o hábito. :)
Mas espero que os textinho continuem os 'mesmos'. :)

disse...

As pessoas conseguem enganar-nos e desiludir-nos tão bem não é? Mas mesmo assim, não nos podem impedir de seguir com a nossa vida e sermos felizes! *

disse...

Agora, preciso, porque, como diz no post, a falta dele está-se a tornar um grande problema

- raquel quitério disse...

mas eu não sou capaz de pensar dessa forma --' não quero, nem posso, de todo, deixar o passado morrer. quer dizer, por um ponto de vista diferente, posso deixá-lo morrer, e (re)comecar de novo como se nada de mal me tivesse atingido. é uma incerteza, um impasse, uma confusão imensa :s

- raquel quitério disse...

se eu soubesse como se evita isso...

Juliana disse...

olha que a minha também, a partir de agora!
:'(

Heleninha Gomes disse...

gostei muito :)

disse...

Tens razão, talvez eu comece a fazer isso mesmo :)

Juliana disse...

linda,
na minha vida toda,
fingi ser uma pessoa que não era,
uma pessoa forte.
agora quero ser eu própria,
e ser fraca pela primeira vez na vida :(

disse...

Obrigada querida :D

Inês Sérvio disse...

desejo-o a todos, sem execpção. todos têm direito ao bonito da vida (;

Heleninha Gomes disse...

Ho, se não deviam :x

Heleninha Gomes disse...

temos de ser fortes! É difícil. Mas temos de fazer tudo para o ser! ;)

Juliana disse...

enfim,
pessoas que só vêem o seu lado.

mas agora a falar sobre ti,
o que se passa?
pareces revoltada com a vida também.. :(

- raquel quitério disse...

espero bem que seja mesmo só uma questão psicológica! (:

Paula disse...

Quando isso acontece o melhor mesmo e seguir em frente. (.

Ariana Fonseca. disse...

Força, não te odeies a ti mesma, mas luta, luta sempre por ti :)

Ariana Fonseca. disse...

Entendo-te, acredita que sim, mas tens que lutar pela tua felicidade, essa sim vale a pena *

dannó disse...

Obrigada :$

Annie disse...

Oh, como ja me senti assim tantas vezes.. isso leva-me a chegar à palavra desilusão, que é a que hoje mais tem aparecido na minha vida, infelizmente.

Raquel ♥ * disse...

é mesmo esse o espírito !
gostei do teu texto querida
beijinho *

Annie disse...

Não podias ter falado melhor, mas sabes uma coisa? Temos que aprender a lidar com isso, e proteger-nos mais. ;)

lara dantas disse...

adorei o que escreveste. e a combinaçao da imagem com o texto deu outro sabor à leitura.
adorei. beijinhos

Cátia Vieira disse...

a sério, já tens? :s como?

FLÁVIOMATA disse...

A minha mãe também dizia isso, mas viu que não adiantava de nada, então cansou-se e deixou de dizer :b
Ainda bem, também gostei do teu *

FLÁVIOMATA disse...

São, não são? *-*

Erica Ferro disse...

Acho que eu estou me tornando gélida; já não me atrai mais certas conquistas baratas, não me convecem.

FLÁVIOMATA disse...

Eu gostava dos Dragon Ball, tenho algumas cassetes e tudo :p

FLÁVIOMATA disse...

ó, eu gostava :b (comentei lá no post)
Claro que não me importo, até agradeço *-*

Jay disse...

é uma situação com um passado muito complicado x) tenho medo da reacção, sei lá. sei que não devemos ser guiados pelo, mas neste caso eu já arrisquei ha uns tempos atrás e correu mal. so yup. mas obrigada <3

Cátia Vieira disse...

ahh, que sorte :)

FLÁVIOMATA disse...

O picachu é especial :b

sunshine disse...

E alegra :)

Alexandra disse...

Ohh meu amor , eu ia contigo. Seria TÃO bom descansar deste mundo ..

disse...

está fantástico. parabéns.

Cátiia Bandeira disse...

Eu amei o teu blog :$$

disse...

também gosto do teu. :)

biazinha disse...

Nós somos frutos das nossas experiências e se te tornaste assim foi pelas experiências que viveste :)

AM disse...

Bem, que diferença de blog, poça!

E sim, a foto é na gare do oriente, estação que me levaria num comboio para a melhor semana da minha vida com as pessoas que vês na fotografia *.*
[diz-me que foste no dia 27. Não fui...]

Sara Santos disse...

bom texto e boa foto :)

vanessa marques disse...

também gostei , (:

Joana Carvalho disse...

aprendemos com os erros e com todas as nossas experiencias de vida! sao elas que vao definir o qe seremos um dia..:)

beijinho linda

Joana Carvalho disse...

olhaa, como poes protecçao para nao te roubarem nada?? também qero *.* dizes.me?

Rita disse...

Por acaso até estava com a fezada que ia ser a catarina a ir :)

o texto ta lindo :$*

Ana Luísa disse...

são mesmo :/ matam-me !
amei ler este texto, está cativante e interessante, há pessoas que não merecem nada nosso, mas parece terem tudo.

Joana Carvalho disse...

humm, tbiien :) obrigada na mesma

Ana Luísa disse...

mas há coisas que parece que não dá para fugir :|

filipa disse...

Há momentos em que temos de meter um ponto final em certas histórias !

Daniela disse...

GOSTEI, tanto tanto mas tanto :o
-Não tens noção :s possa como se enquadra :x
VOU SEGUIR Queridaa *.*
(beijinhos)

Enviar um comentário

Liberta a tua mente e deixa que o pensamento te leve palavras aos dedos, partilhando assim comigo ideias, questões e críticas, não deixando nada omitido.
Obrigada pela tua leitura atenta: